Como a censura criou a nova cara do prazer do pornô

Imagens de Tira Part, Elisabeth Weir, Littlerosexo e Shutterstock | Colagem de Cathryn Virginia A censura japonesa forçou a ahegao ao mundo, e ela se tornou um fenômeno global da internet.

  • - Eu sei quando vejo.

    Foi assim que o juiz da Suprema Corte dos Estados Unidos, Potter Stewart, definiu obscenidade durante um julgamento de 1964 que decidiria se o estado de Ohio poderia proibir a exibição pública de pornografia pesada.



    Mas quando você vê uma mulher com os olhos cruzados e fios de saliva escorrendo de sua boca escancarada, você 'sabe'? Riley Reid , um dos artistas pornôs mais populares do mundo, se interessa por isso. Personalidade extremamente popular da internet Linda Delphine fiz, muito.



    Em seu livro altamente influente de 1989 Hard Core , a estudiosa de cinema e pornografia Linda Williams explorou a ideia de que o orgasmo de uma mulher é invisível: que para os homens, pelo menos na pornografia, raramente se pode negar que eles estão gozando. Há porra por toda parte. Para muitos filmes adultos, esse é o ponto principal: o ' tiro de dinheiro. '

    festas de sexo perto de mim

    Mas para os espectadores, a evidência do orgasmo de uma mulher não está nos órgãos genitais. Está nos sons que ela faz, ou no movimento do resto de seu corpo, ou especialmente, seus olhos e rosto. É muito mais difícil para um possuidor de pênis fingir um orgasmo alucinante do que para uma mulher. Em ahegao, a ideia é que a experiência vai além da falsidade: ela está gozando com tanta força que perdeu todo o controle do rosto.



    'No vídeo adulto japonês como no mangá, há uma arte nas expressões de prazer no rosto, e o ahegao funciona como o clímax deslocado, ou a perda de si mesmo e da mente em um momento de prazer avassalador', Patrick Galbraith, professor da Universidade Senshu em Tóquio, me disse. Ahegao é um exemplo de Williams & apos; expressões de orgasmo feminino, disse ele.

    Thomas Baudinette, professor de Estudos Japoneses na Macquarie University em Sydney, Austrália, disse-me que o ahegao pode ter suas primeiras origens no final dos anos 1990 ou início dos anos 2000 Eromanga , revistas pornográficas para o público masculino heterossexual. A partir daí, ele se espalhou na cultura ocidental - mas suas raízes estão em artistas eróticos & apos; soluções alternativas para leis de censura rígida.

    Em seu Instagram, Tira Part se inclina para a câmera no que parece uma antecipação insuportável.



    Parte, que é uma das artistas ahegao mais populares no Pornhub com 30.500 assinantes, me disse que seus fãs gostam dessa fantasia de 'quebra de mente'. “Eles gostam de ver quando as línguas se penduram e os olhos se cruzam / reviram em puro êxtase”, disse ela. 'Quem faz a cara está se divertindo tanto que perde o controle de seus gemidos e expressões. Tudo o que eles podem fazer é ofegar e cruzar os olhos, e isso é realmente atraente. '

    'O rosto é basicamente apenas um exagero de um orgasmo ou ser golpeado sem cérebro', intérprete adulto Littlerosexo , que freqüentemente faz cosplay e camufla com o noivo, me disse.

    “Fiquei surpresa que algumas pessoas achem isso não apenas divertido, mas também GENTE”, disse ela. Tantas pessoas solicitaram que ela teve que adicioná-lo à sua lista de solicitações de cam show em OnlyFans: 20 tokens (cerca de US $ 1) para vê-la fazer isso durante um show ao vivo e para adicionar ahegao a um clipe personalizado, que custará US $ 15 extra sobre o preço do clipe. 'As pessoas queriam me ver atuando e estavam prontas para pagar.'

    Conselho de Weir para uma grande ahegao: 'Idealmente, você precisa pensar sobre o seu melhor orgasmo, mas torná-lo 1000 vezes mais forte', disse ela. 'Tão forte que seus olhos começaram a rolar / cruzar e você não consegue controlar sua boca e a língua fica de fora.'

    Por que os caras gostam de comer garotas?

    Littlerosexo também encontrou ahegao pela primeira vez graças a um fã que o solicitou. Ela teve que pesquisar, mas estava animada para experimentar.

    ivana trump 1989 deposição

    'Você definitivamente tem que levar a sério a questão de torná-lo & apos; crível & apos; mas também bobo o suficiente para se divertir com isso ', disse ela. - E lembre-se de babar! A coisa mais útil para eu passar pela minha mente enquanto faço isso é literalmente repetir & apos; NYAAAAAAA & apos; na minha cabeça repetidamente. Mas definitivamente há algumas risadinhas internas entre isso. '

    'Alguém pensa nas crianças'

    Infelizmente, não podemos falar sobre ahegao sem abordar o infame 'moletom ahegao'.

    De acordo com Conheça o seu meme , em 2015 uma colagem de personagens hentai do artista de mangá Hirume começou a circular online. Alguém o colocou em um monte de roupas - chapéus, capas de telefone, camisas e muito mais - em 2016, e de lá ele foi parar em lojas de design personalizado de produção em massa como Redbubble. Em maio de 2017, um usuário do Reddit postou uma foto de alguém usando um design de colagem ahegao diferente, desta vez com um moletom. Esse moletom é aquele que se tornou notoriamente controverso. Ainda está no eBay.

    'Seguindo o feedback dos participantes, as pessoas usando ahegao deixaram a maioria dos participantes desconfortáveis, especialmente aqueles com crianças no evento', disse-me um porta-voz da SunnyCon. De seus pontos de vista pessoais, eles não veem nada de errado com a ahegao, especialmente em um ambiente adulto controlado, disseram. Mas a SunnyCon - realizada anualmente no Reino Unido desde 2010 - é um evento para todas as idades.

    'Apesar de não haver pornografia em exibição, ainda é retirado de conteúdo para maiores de 18 anos e alguns dos rostos também podem ser considerados menores de idade', disseram eles. Hipoteticamente, eles disseram, um pai preocupado que conhecia o contexto de ahegao poderia alegar que SunnyCon expôs seu filho a material maduro. 'Isso resultaria na polícia sendo chamada e informada sobre o contexto, o que geraria um barril de pólvora de questões legais', disseram eles. Eles imaginaram uma cadeia inteira de eventos horríveis ocorrendo em sua exposição: o usuário sendo arrastado para fora do evento e acusado de criminoso sexual, os organizadores perdendo seu local e dezenas de milhares de participantes.

    'Dadas as potenciais ramificações legais, não é tão simples quanto' alguém pensa nas crianças ' ou 'são apenas alguns rostos,' eles disseram. 'Pessoas com esses tipos de atitudes precisam perceber que eventos são negócios e têm que seguir a lei e ganhar dinheiro ... por mais difícil que seja para os fãs hardcore, os tempos mudam ... tendências como ahegao serão eliminadas', com um influxo de mais jovens , novos fãs.

    'Usar um moletom ahegao no Japão seria impensável', disse Baudinette, 'e a única vez que o vi em uma convenção japonesa foi sendo usado por um ocidental.'

    meu suor cheira a maconha

    'No Japão, o ahegao é estritamente limitado ao mundo do mangá e faz parte de uma tendência mais ampla dentro da cultura otaku do Japão para uma atração sexual por personagens imaginários', disse ele. 'Fora do Japão é uma história diferente… Tende a ser fetichizada ou usada como um' in-group '; marcador ligado ao fandom otaku ocidental de forma mais ampla. '

    Pode-se ver a existência do próprio moletom ahegao com memória viral como a importação e apropriação de uma forma de arte que deu errado. Como fazer uma tatuagem kanji que diz ' pequeno grelhador a carvão, 'a menos que você já entenda o contexto da forma de arte, você não será capaz de entender a arte em si.

    Ao contrário das previsões da SunnyCon, a ahegao provavelmente não vai a lugar nenhum. Pesquisas pela palavra têm explodiu nos últimos dois anos , com mais modelos de câmeras e influenciadores pulando, babando e ofegando por todo o vagão do ahegao. A maioria desses modelos é branca. À medida que o ahegao se transforma de uma expressão hentai em um meme ocidental viral, ele pode mudar totalmente de significado - em simplesmente alguém que mostra prazer com um pouco de baba vesgo.

    Artigos Interessantes